Alexandre José de Melo Morais

O bibliófilo Alexandre José de Melo Morais (1816-1882), médico, cronista, historiador e político brasileiro nasceu em Vila de Alagoas, atual Deodoro, em Alagoas e faleceu no Rio de Janeiro. Diplomou-se em 1840 pela Faculdade de Medicina da Bahia, tendo clinicado durante muitos anos em Salvador e, depois, no Rio de Janeiro. Representou sua província natal na Câmara Temporária de 1869 a 1872. Além de muitas obras de natureza científica, dedicadas ao problema da terapêutica homeopática, Melo Morais escreveu, entre outras obras: “Ensaio corográfico do império do Brasil” (1853), “Os portugueses perante o mundo” (1856), “Corografia histórica, cronográfica, genealógica, nobiliária e política do império do Brasil” (1858-1860), “O Brasil histórico” (publicado em três séries: 1864, 1866-1868 e 1872-1874), “História do Brasil-Reino e do Brasil-Império” (1871-1873), “A vida e morte do conselheiro Freire Alemão” (1874), “Crônica geral e minuciosa do império do Brasil desde a descoberta do novo mundo ou América até 1879” (1879) e “O tombo das terras dos jesuítas (1880).(FONTE: Grande Enciclopédia Delta Larousse, 1971, via Biblioteca Nacional).

Veja também

Livros