Francisco Gomes da Silva

Retrato de Francisco Gomes da Silva, “o Chalaça”, por Simplício Rodrigues de Sá (c. 1800-1839), via Museu Histórico Nacional. Foto: Rômulo Fialdini – Banco Safra

Francisco Gomes da Silva nasceu em Lisboa, em 22 de setembro de 1791, e morreu na mesma cidade, em 30 de setembro de 1852. Veio para o Brasil para o Brasil acompanhando seu pai, que fazia parte da comitiva da família real, em 1807. Francisco Gomes da Silva passou à história brasileira de D. João e de seu filho, D. Pedro I, de quem Francisco da Silva se fez dedicado amigo, ajustando-se ao seu temperamento irrequieto. Foi secretário do Gabinete Imperial, superintendente das Imperiais Cavalariças, oficial-mor graduado da Secretaria do Império e, finalmente, em 1830, enviado extraordinário e encarregado dos negócios do Brasil em Nápoles. Não aceitou o cargo, porém, seguiu para a Europa, supostamente, para tratar da saúde, pois a amizade que dedicava ao Imperador lhe tinha criado muitos inimigos. Achando-se em Lisboa na época da restauração, em 1833, foi nomeado pelo Duque Regente, secretário de Estado da Casa de Bragança, em cujo exercício morreu. (Câmara dos Deputados)

Livro