Parque Nacional da Tijuca

O governo federal criou o Parque Nacional do Rio de Janeiro por meio do Decreto Federal 50.923, de 6 de julho de 1961, que:

DECRETA:

Art 1º Fica criado, no Estado da Guanabara, o Parque Nacional do Rio de Janeiro (PNRJ), subordinado ao Serviço Florestal do Ministério da Agricultura.

Art 2.º O PNRJ será constituído pelas áreas das florestas do domínio público da União, denominadas Tijuca Paineiras, Corcovado, Gávea Pequena, Trapicheiro, Andaraí, Três Rios e Covanca, atualmente sob a jurisdição do Ministério da Agricultura, por fôrça do disposto no Decreto-lei nº 3.889, de 5 de dezembro de 1941…

* * *

Dividido em quatro setores (Floresta da Tijuca, Serra da Carioca, Pedra Bonita/Pedra da Gávea e Pretos Forros/Covanca), o Parque corresponde a cerca de 3,5% da área do município do Rio de Janeiro.

A Serra da Carioca compreende os morros: Corcovado (710m); Dona Marta (365m); Sumaré (320m); Morro de Santa Teresa – do qual fazem parte o Dos Prazeres (270m), Nova Cintra (260m) e Paula Matos (80m). Na Serra da Carioca, nasce o Rio Carioca.

Páginas

Veja também

Galerias de imagens

Imagem

  • Cascatinha vista por baixo da Ponte Job de Alcântara, na Floresta da Tijuca.

Mapa

Parques e Áreas Verdes