O Rio de Janeiro – Sua História, Monumentos, Homens Notáveis, Usos e Curiosidades

  • Azevedo, Manuel Duarte Moreira de. O Rio de Janeiro: Sua História, Monumentos, Homens Notáveis, Usos e Curiosidades. Rio de Janeiro: B. L. Garnier, 1877. 2 v. (É a segunda edição do "Pequeno Panorama" 1861-67, 5 v.).

Canal do Mangue

Aberto em frente à fábrica do gás, que aí despejava seus resíduos, julgamos que podemos incluir neste capítulo a descrição desta obra. Tratando-se no tempo de D. João VI de dissecar o vasto pântano que se estendia próximo à cidade nova, o qual era um extenso foco de infecção, de mosquitos e de exalações desagradáveis,...

Mais...

Convento do Carmo

Em 1590 vieram estabelecer-se os frades carmelitas frei Pedro Vianna e outros na ermida da Senhora do Ó, erguida na praia do mesmo nome, onde um ano antes haviam residido os frades beneditinos. Procuraram os carmelitas construir uma casa para residência, e auxiliados pela câmara e pelo povo erigiram na praça chamada lugar do ferreiro...

Mais...

Igreja de São Francisco de Paula

Tendo particular devoção com São Francisco de Paula, resolveu o bispo Dom frei Antônio do Desterro fundar a Ordem dos Mínimos na cidade do Rio de Janeiro, pelo que ele e outros devotos requereram ao geral da ordem, frei João Prieto, a competente licença; e logo que obtiveram-na publicou o bispo a provisão de 9...

Mais...

Paço do Senado

Em tempos remotos findava a cidade na rua denominada hoje da Uruguaiana, e além estendia-se um grande campo, no meio do qual erguia-se a capela de São Domingos, que dava seu nome ao campo; mas levantada a capela de Santa Anna, por provisão episcopal de 30 de julho de 1735, a requerimento dos pretos crioulos...

Mais...

Praça do Comércio

Praça do Comércio A carta régia de 28 de janeiro de 1808 abriu os portos do Brasil ao comércio das nações; e esse decreto, o primeiro assinado pelo rei de Portugal nos domínios da América, marca o primeiro passo dado pelo Brasil para sua liberdade política. Já não deviam dirigir-se unicamente a Portugal os navios...

Mais...

Valentim da Fonseca e Silva

Nasceu Valentim da Fonseca e Silva na província de Minas-Gerais, foi seu pai um fidalgo português contratador de diamantes e sua mãe uma pobre mulher oriunda do Brasil; ignora-se o dia e o ano de seu nascimento. Em companhia de seus pais dirigiu-se à Portugal, onde dedicou-se à arte da qual devera ser fiel e...

Mais...

Banco do Brasil

Em 12 de outubro, memorável pela descoberta da América, pelo nascimento de D. Pedro I, pela sua aclamação de imperador e defensor perpétuo do Brasil, criou-se no Rio de Janeiro, em 1808, o Banco do Brasil. Determinou o alvará que estabeleceu o Banco do Brasil e deu-lhe estatutos, que seria seu capital de 3,000,000 de cruzados...

Mais...

Prelados Administradores e Bispos

O breve de 19 de julho de 1576 de Gregório XIII desanexou o território do Rio de Janeiro do bispado da Bahia, instituindo um prelado administrador com poderes e faculdades quase episcopais; e a carta régia de 11 de maio de 1577 nomeou o presbítero do hábito de São Pedro, Bartolomeu Simões Pereira, para o...

Mais...

Igreja do Hospício

Não é raro vir sentar-se a discórdia nos umbrais da igreja, aparecer a cizânia entre aqueles que, congregados pelos laços da religião, formam essas corporações, confrarias, irmandades cujos membros se denominam cristãos. O ciúme, o ódio, a cobiça e outras paixões dividem muitas vezes àqueles que, entregues às coisas do culto, se esquecem todavia da excelência da...

Mais...

Colégio Pedro II

Compadecido do abandono em que viviam os meninos órfãos, o Dr. Ignácio Manoel da Costa Mascarenhas, vigário colado da freguesia da Candelária, pediu licença ao bispo para dar princípio a um asilo, onde fossem recolhidos esses infelizes; por provisão de 16 de dezembro de 1734 mandou o diocesano ouvir a câmara sobre a pretensão do...

Mais...

Palácio Episcopal

Existia em um dos montes desta cidade uma ermida da Conceição, fundada em 1634 por Miguel Carvalho Cardoso ou de Souza, como quer Pizarro, e por sua mulher Maria Dantas[1] que doou-a, por escritura de 6 de junho de 1655, aos frades do Carmo para estabelecerem ali um convento de religiosos recoletos da mesma ordem, com a...

Mais...

Instituto dos Cegos

José Alves de Azevedo, cego educado em Paris, regressando ao Brasil, sua pátria, cuidou em fundar no Rio de Janeiro, um instituto onde seus companheiros de infortúnio, os que como ele sofriam a desgraça da cegueira pudessem ser recebidos, amparados e instruídos. Terminara brilhantemente o curso de estudo no instituto dos cegos de Paris, colhera...

Mais...

Hospício de Pedro II

No relatório apresentado em 25 de julho de 1840 disse o provedor da Misericórdia José Clemente Pereira. “Não sei que espírito de previdência me inspira, a chácara do vigário geral há de um dia converter-se em hospício de alienados.” E um ano depois realizavam-se os pressentimentos caritativos do benemérito cidadão. Em 15 de julho de...

Mais...

Recolhimento das Órfãs

Há poucas notícias deste estabelecimento. A fadiga ainda nos não fez interromper o afanoso trabalho de coligir notícias das coisas pátrias, mas a incúria; o desleixo dos nossos maiores nos foram fatais; nossos arquivos são pobres. De que servem papéis velhos, repetiam os homens de outrora que não compreendiam a utilidade do arado, quanto mais...

Mais...

Estação Central da Estrada de Ferro Dom Pedro II

Extenso como é o Brasil, dotado de riquezas naturais, com um solo ubérrimo em que tudo floresce e com pouco trabalho colhe o lavrador sazonado fruto; com planícies, vales e montes em perene primavera, adornados de vivaz e brilhante vegetação, marcando as pedras preciosas os álveos dos rios, e as minas os vincos do terreno,...

Mais...

Paço da Câmara Municipal

Com a fundação da cidade do Rio de Janeiro teve princípio o corpo da câmara, não se podendo marcar exatamente o ano, porque no incêndio, que devorou a maior parte do arquivo municipal em 1790 desapareceu o livro, que determinava o ano da fundação; não obstante, por um extrato de todos os livros que havia...

Mais...

Palacete da Praça da Aclamação

Em 1818, por ocasião da coroação de D. João VI, fizeram-se grandes festas no Campo de Sant’Ana, onde levantou-se um palacete para a família real assistir aos festejos, o qual elevava-se do chão cerca de vinte palmos. Pelos quatro lados corria uma varanda constituída por arcos entre colunas unidas por uma balaustrada; a varanda da...

Mais...

Paço da Câmara dos Deputados

O edifício em que se reúnem, há mais de meio século, os representantes da nação, serviu em outras eras de paço municipal e de cadeia. Vem mencionado seu princípio na descrição do paço municipal. Antiga Cadeia Velha, onde funcionou a Câmara dos Deputados até a construção do Palácio Tiradentes. Revista do Instituto Histórico e Geográfico...

Mais...

Exposições Nacionais

Atendendo à importância dessas festas industriais, sua influência sobre a moralidade do povo e sobre o ensino prático de todas as classes da sociedade, coligimos algumas notícias das exposições celebradas no Rio de Janeiro para deixá-las registradas neste livro. A primeira exposição de indústria, que houve nesta cidade, foi em um dos salões do edifício...

Mais...

Palácio Imperial

Os primeiros governadores do Rio de Janeiro não tiveram domicílio certo; residiram onde lhes pareceu mais cômodo e conveniente. Vindo Luiz Barbalho Bezerra governar o Rio de Janeiro em 1643, pagou-lhe a câmara o aluguel da casa que ocupou, e desde então tornou-se uso receber o governador dos cofres da câmara o aluguel da casa em que...

Mais...

Igreja de São José

A tradição aponta o ermitão Egas Muniz como o fundador da ermida de São José, da qual fazem menção, já em 1633, os livros da primeira matriz instituída nesta cidade. Por não poder concluir a capela com paredes de pedra e cal como principiara, ou por outro qualquer motivo, doou-a o fundador aos devotos de...

Mais...

Hospital da Misericórdia

Fundada a cidade do Rio de Janeiro estabeleceu-se logo depois em 1568 ou em 1569 o Hospital da Misericórdia, como se infere de um documento conservado no arquivo da Santa Casa, do qual adiante falaremos; mas o padre Vasconcellos e o autor do Santuário Marianno tratando do princípio desse hospital escrevem: “Pelos anos 1582 se...

Mais...

Roda dos Expostos

Vendo a impiedade e o abandono em que eram deixados os meninos órfãos, sendo lançados à rua, onde pereciam de inanição e frio, representou o governador Antônio Paes de Sande a El-Rei pedindo providências, pois, referia o governador, que a Misericórdia os não recolhia por não ter rendimento, e não mostrava o senado da câmara...

Mais...

Escola Militar

Separado o ensino das aplicações militares dos outros estudos que constituíam a Escola Militar criou o decreto de 20 de setembro de 1851, como vimos, a Escola de Aplicação, e um curso de infantaria e cavalaria na província do Rio Grande do Sul. Estabelecida na corte a Escola de Aplicação teve regulamento em 23 de...

Mais...

Igreja de São Pedro

Teve começo na ermida de São José a irmandade dos clérigos de São Pedro, ignorando-se a época de sua fundação; mas parece haver sido nos primeiros anos do século XVII, porque falecendo Gonçalo Lopes de Távora em 7 de março de 1639, por verba testamentária, mandou dizer algumas missas a São Pedro, na igreja de...

Mais...

Seminário de São José

Fundou este seminário o bispo Dom frei Antônio de Guadalupe, que desse modo prestou relevante serviço à sua diocese. De feito tinha então o clero pouca ciência, e não primava em moralidade; se já não era tão desmoralizado e arrogante, como nos tempos dos prelados administradores, era ignorante por não ter onde pudesse receber instrução...

Mais...