Ouro Preto – Sua História, Seus Templos e Monumentos

  • Ruas, Eponina. Ouro Preto: Sua História, Seus Templos e Monumentos. 3ª ed. Minas Gerais, 1964. 249 p.

Câmara e Cadeia de Ouro Preto

A primitiva Cadeia feita por Antônio de Albuquerque, datava de 1710 e 1713. Era de pau a pique e não oferecia maior segurança, dado o seu mau estado de conservação. A Real Coroa ordenou a feitura de outra em setembro de 1727, referendada por outra ordem de 15-2-1730 que a obra deveria ser de pedra...

Mais...

Igreja de Nossa Senhora das Dores do Calvário em Ouro Preto

(Freguesia do Antônio Dias – Ouro Preto) A Capela das Dores Velha era situada na Rua do Gibú ou Jogo da Bola, hoje Dr. Carlos Thomaz. No confisco dos bens do Dr. Cláudio Manoel da Costa, fez-se uma alusão “que a sua casa de moradia dava fundos para a Capela das Dores Velha”. No entanto,...

Mais...

Igreja de Nossa Senhora das Mercês e Misericórdia em Ouro Preto

Freguesia do Ouro Preto (Mercês de Cima) – Século XVIII De facílimo acesso, junto à Praça da Independência, em pleno coração da Cidade. Singela, de agradável impressão, quer interna ou externamente. Muito cuidada. Primitivamente, corpo principal, sem torre e sineiras, lembrando as Capelas do Minho e Douro. Há quem o afirme ser a Igreja das...

Mais...

Igreja de Nossa Senhora das Mercês e Perdões em Ouro Preto

Igreja de Nossa Senhora das Mercês do Antônio Dias (Perdões) Mercês dos Perdões (Mercês de Baixo) – Século XVIII Freguesia do Antônio Dias (Ouro Preto). Em elegante colina a cavaleiro das ruas dos Perdões, Xavier da Veiga, Largo Frei Botelho e Rua Felipe dos Santos. * * * Desde os primeiros tempos de Vila Rica...

Mais...

Igreja de Nossa Senhora do Monte do Carmo em Ouro Preto

(Freguesia do Ouro Preto – Século XVIII) De facílimo acesso em um dos ângulos da Praça da Independência. Entre os arraiais do Ouro Preto e do Antônio Dias em soberba elevação, existia a Capela de Santa Quitéria, ali, ereta por Antônio Ramos dos Reis, Cavalheiro professo da Ordem de Cristo e Mestre de Campo das...

Mais...

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos em Ouro Preto

(Freguesia do Ouro Preto – Século XVIII) Situada no Caquende (ponto de penetração da estrada real no povoado), é de facílimo acesso. Os pretos filiados à Irmandade de Nossa Senhora do Rosário que em 1715 se fundara na Matriz do Pilar, erigiram modesta igrejinha à sua Padroeira no ano imediato, capela a que veio abrigar...

Mais...

Igreja de São Francisco de Assis em Ouro Preto

Freguesia do Antonio Dias – Século XVIII Situa-se bem próximo à Praça da Independência de onde dista cerca de 200 metros descendo-se pela rua do Ouvidor (Dr. Cláudio). “A Capela de São Francisco de Assis de Vila Rica é a joia de Minas, seja pela elegância de suas linhas externas, seja pelos temas impregnados de...

Mais...

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição do Antônio Dias em Ouro Preto

(Séculos XVII e XVIII – Freguesia do Antonio Dias) (Ouro Preto) Situada no bairro do Antônio Dias, é de facílimo acesso, em pleno centro do arraial. Nos primórdios do século XVIII existia no local da atual Matriz da Conceição, uma Capela criada por ordem do bispo do Rio de Janeiro, Frei Francisco de São Jerônimo...

Mais...

Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar em Ouro Preto

(1701-1705 — Freguesia do Ouro Preto) De facílimo acesso situada na parte baixa do Ouro Preto, denominado “Fundo do Ouro Preto”. “No Brasil, a arquitetura barroca foi a que predominou desde quando se ergueram no País, os primeiros edifícios religiosos dignos de nota em fins do século XVI até à chegada da Missão Francesa em...

Mais...

Passos de Ouro Preto

Foram os Frades Carmelitas Descalços que introduziram no Brasil a cerimônia da Procissão de Passos, precedida que é por duas outras, realizadas, à noite, e que tomam o nome de “Depósitos”. Anterior a eles, celebram-se com toda a pompa, os soleníssimos Setenários de Nossa Senhora das Dores, cuja música sacra, quase toda ela, é nossa, de autores...

Mais...

Pontes de Ouro Preto

Ouro Preto, primitivamente Vila Rica, assenta-se em contrafortes na vertente oriental da Serra do Espinhaço sob o olhar dominador do Itacolomi de onde dista cerca de 12 kms. Edificada sobre quatro grandes bacias, ligadas por pontes, entre cerros e vales, é cidade única na sua acidentada topografia. Metrópole mais beiroa que minhota, nove grandes pontes...

Mais...