Rio Antigo

Rio Antigo

  • Dunlop, Charles Julius. Rio Antigo. 3ª Tiragem ed. Rio de Janeiro: Editora Rio Antigo, 1963. (Composto e impresso na Gráfica Laemmert, Ltda.).


Imprensa Nacional

POUCO ANTES da saída da corte de Lisboa, fugindo à invasão francesa de 1807, o governo português tinha mandado buscar na Inglaterra prelos e material tipográfico para uma imprensa destinada ao serviço de um de seus ministérios. Na precipitação da fuga, o fidalgo D. Antônio de Araújo de Azevedo (futuro Conde da Barca) trouxe para...

Mais...

Igreja de São Joaquim

POUCO se sabe a respeito da antiga Igreja de São Joaquim. Os livros pouco dizem e os historiadores não se ocuparam dela particularmente. Monsenhor Pizarro (José de Souza Azevedo Pizarro e Araújo), descrevendo os seminários do Rio de Janeiro, e Joaquim Manuel de Macedo e o Dr. Moreira de Azevedo, narrando a história do Imperial...

Mais...

Escola Nacional de Belas Artes

SÁBADO, 7 de abril de 1906, foi um dia de grande alegria para os cultores das belas artes e para todos quantos se interessavam pelo seu desenvolvimento e ensino entre nós. Naquele dia, depois de uma longa campanha que durou mais de dez anos, Rodolpho Bernardelli, o grande escultor, viu realizado o maior sonho de...

Mais...

Alfândega Velha

Na antiga Praia dos Mineiros (atual Rua Visconde de Itaboraí), em frente à Rua do Sabão (depois General Câmara; hoje lado ímpar da Avenida Presidente Vargas), ergue-se, como uma relíquia da cidade, o prédio da velha Alfândega. Construído segundo projeto do arquiteto Grandjean de Montigny e administração do comendador José Marcelino Gonçalves, para sede da...

Mais...

Antiga Capela de São Cristóvão

A CAPELA de São Cristóvão ficava a beira-mar, tendo sido erigida pelos jesuítas em terrenos da “Quinta dos Padres da Companhia”, como era então conhecida a enorme Fazenda de São Cristóvão, que fazia parte da sesmaria que lhes fora concedida por Estácio de Sá, em 1.º de julho de 1565. Não se conhece a data...

Mais...

Arquivo Nacional

O ANTIGO Arquivo Público foi fundado a 2 de janeiro de 1838, na regência de Araújo Lima, sendo Ministro do Império Bernardo Pereira de Vasconcelos. Funcionou, a princípio, na própria Secretaria do Império. Seu primeiro diretor foi o “zeloso arrecadador de preciosidades”, Ciro de Brito. Em 1840, instalou-se em sede própria, na Rua da Guarda...

Mais...

Legislativo Municipal

O legislativo municipal nasceu em 1565, quando foi fundada a Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. Logo que aqui chegou, Estácio de Sá criou O Conselho de Vereança presidido pelo juiz ordinário e formado por “homens bons da terra”, que exerciam gratuitamente as suas funções. A primeira sede deve ter sido um tijupar de taipa de...

Mais...

Excursão Presidencial ao Morro da Urca

Na tarde da terça-feira, 5 de novembro de 1912, poucos dias depois de inaugurado o primeiro trecho do Caminho Aéreo do Pão de Açúcar, entre a Praia Vermelha e o Morro da Urca, o Presidente da República, Marechal Hermes Rodrigues da Fonseca, fez uma excursão ao alto da Urca, a convite do Prefeito do então...

Mais...

Ilha de Paquetá

POUCO depois de lançados os fundamentos da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, na várzea entre o Pão de Açúcar e o morro Cara-de-Cão, Estácio de Sá doou a ilha de Paquetá, em partes iguais, a Inácio de Bulhões (1565) e Fernão Baldez (1566), em atenção aos serviços prestados ao reino de Portugal,...

Mais...

Companhia Cantareira

DA FUSÃO da Companhia das Barcas Ferry com a Empresa de Obras Públicas do Brasil, organizou-se, em 1º de outubro de 1889, a Companhia Cantareira e Viação Fluminense, que passou a explorar o abastecimento d’água de Niterói, o serviço de bondes na mesma cidade (tração animal) e a navegação a vapor entre o Rio de...

Mais...

Convento da Ajuda

O ANTIGO convento das religiosas de Nossa Senhora da Conceição, mais conhecido pelo nome de “Convento da Ajuda”, foi inaugurado num sábado, dia 30 de março de 1750, com grandes festejos populares, a que assistiu o governador Gomes Freire de Andrade, Conde de Bobadela. O enorme casarão ficava situado na Rua da Ajuda, uma das...

Mais...

Copacabana no Começo do Século (XX)

NO COMEÇO deste século (XX), a Companhia Ferro-Carril do Jardim Botânico, com o fim de atrair passageiros para o novo “arrabalde” de Copacabana, afixava à porta de suas estações grandes tabuletas, em que se liam anúncios como este: “Quereis gozar de boa saúde? Ide a Copacabana. Bondes em quantidade”. Ou então: “Passeio agradável e refrigerante:...

Mais...

Copacabana no Século Passado (Século XIX)

NÃO FAZ muito tempo, perdia-se de vista a “praia de límpidas areias” de Copacabana. Situada entre o morro do Leme e a ponta da Igrejinha, a vasta área compreendida entre as dunas e a encosta das montanhas nada mais era que um grande campo arenoso semeado de alagadiços e brejos e coberto de cajueiros e...

Mais...

Caixa de Amortização

A CAIXA de Amortização, criada pelo Decreto n.º 9.370, de 14 de fevereiro de 1885[1], tem por finalidade o pagamento dos juros, amortização e resgate dos títulos da dívida pública fundada, e a emissão, troco, substituição e resgate do papel-moeda. No dia 15 de novembro de 1906, foi solenemente inaugurado o seu edifício, mandado construir...

Mais...

Canal do Mangue

A PALAVRA “mangue” significa uma planta da família das mirtáceas – a “Eugênia Nítida”. Por extensão, passou-se a chamar “mangue” a todo o alagadiço em que vegeta essa planta. No Rio de Janeiro, deu-se o nome de Mangue ao imenso pântano que se estendia do Rocio Pequeno (depois Praça Onze de Junho) para cima. Desde...

Mais...

Botafogo

A primeira denominação desta enseada foi “Le Lac” (o Lago), dada pelos franceses. Depois, os portugueses lhe puseram o nome de “Francisco Velho”, que foi mordomo de Estácio de Sá e fundador da confraria de São Sebastião. Somente a partir de 1641 foi que passou a se chamar “Botafogo”, por ter ali residido João Pereira...

Mais...

Asilo Gonçalves de Araújo

DESDE 1881 fora determinada nos estatutos da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Candelária a fundação de um asilo para a infância desvalida, como uma de suas finalidades. Procurando dar execução à disposição estatutária, a Irmandade adquiriu, naquele mesmo ano, dois prédios velhos, no Campo de São Cristóvão, pelo preço de 26:000$, com a intenção de...

Mais...

Igrejinha de Copacabana

A igrejinha de Copacabana ficava situada no promontório onde está hoje o Forte de Copacabana, cuja pedra fundamental foi lançada a 6 de janeiro de 1908, sendo Presidente da República o Dr. Afonso Augusto Moreira Pena e Ministro da Guerra o Marechal Hermes Rodrigues da Fonseca, para ser inaugurado a 28 de setembro de 1914,...

Mais...

Petit Trianon

A CIDADE de Versalhes, situada ao norte da França, próximo de Paris, é mundialmente famosa pelo seu parque e seus dois palácios: o Grande Trianon e o Pequeno Trianon. O Grande Trianon foi construído em 1687, por ordem de Luiz XIV, e o Pequeno, em 1755, no reinado de Luiz XV. Conta-se que, não sabendo...

Mais...

Barcas Ferry

O PRIMEIRO serviço regular de navegação a vapor, entre a Corte e a vizinha província do Rio de Janeiro, data de 14 de outubro de 1835, quando começaram a funcionar três barcas inglesas, armadas em iate, da Companhia de Navegação de Niterói, denominadas “Praia Grande”, “Niteroiense” e “Especuladora”. Trafegavam de hora em hora (das 6...

Mais...

Morro da Viúva

ANTIGAMENTE, quem quisesse ir da Praia de Botafogo à do Flamengo não podia dar a volta ao Morro da Viúva, como agora se faz pela Avenida Rui Barbosa, de 1.100 metros de extensão, antes chamada “do Contorno”. Deve-se ao Prefeito Carlos César de Oliveira Sampaio a abertura desse importante logradouro, em 1921. Quando Francisco Pereira Passos construiu a Avenida...

Mais...

Casa da Moeda

TRANSFERIDA da Bahia para o Rio de Janeiro, começou a Casa da Moeda a funcionar aqui, no dia 17 de março de 1699, instalando-se no prédio da antiga Junta do Comércio, na Rua Direita (onde hoje se ergue o edifício do Centro Cultural Banco do Brasil). Depois de doze meses, foi transferida para Pernambuco, voltando...

Mais...

Relógio da Glória

COMO todos sabem, a Rua da Glória corre em nível superior ao da Rua Avenida Augusto Severo, sustentada por um extenso paredão de pedra. Este paredão foi construído em 1904, pelo Prefeito Francisco Pereira Passos, que o embelezou com a balaustrada retirada do jardim da Praça Tiradentes. No extremo Sul dessa balaustrada, que serve de...

Mais...

Eletrificação dos Bondes de Santa Teresa

No dia 1.º de setembro de 1896, teve lugar a cerimônia inaugural da substituição da tração animal pela elétrica nos bondes da Companhia Ferro-Carril Carioca, e da passagem das linhas sobre os Arcos da Carioca, ligando o morro de Santa Teresa ao de Santo Antônio. A força motriz era produzida por duas possantes máquinas a vapor,...

Mais...

Bonde Elétrico

CONSTA que foram os ingleses, em 1848, os primeiros a substituir a tração animal dos bondes pela tração mecânica. Naquele ano, circulou em Bristol um desses veículos, puxado por máquina a vapor, transportando 60 passageiros. Em 1877, foi introduzido em Nantes, na França, um bonde em que se empregava o ar comprimido como força motriz....

Mais...

Avenida Central

A AVENIDA Central foi construída pelo Governo Federal, sob a direção do engenheiro André Gustavo Paulo de Frontin. A Municipalidade não podia meter ombros a tal iniciativa: rasgar uma Avenida de 1.800 metros através de 18 ruas apinhadas de habitações e estabelecimentos que, por estarem no centro comercial, representavam propriedades de imenso valor. Os trabalhos...

Mais...

Cemitério dos Ingleses

PELO TRATADO de Amizade e Comércio, assinado nesta cidade do Rio de Janeiro a 19 de fevereiro de 1810, “entre Mim, D. João, por graça de Deus, Príncipe Regente de Portugal e dos Algarves, daquém e dalém mar, em África Senhor da Guiné, da Conquista, Navegação e Comércio da Etiópia, Arábia, Pérsia e da índia, etc....

Mais...

Palácio Monroe

O Palácio Monroe tem o seu nome ligado ao quinto Presidente da República dos Estados Unidos da América do Norte, James Monroe, eleito em 1816 e reeleito em 1820. Como todos sabem, Monroe foi o autor da famosa doutrina, segundo a qual os continentes deste hemisfério repelem a intervenção da Europa nos negócios da América...

Mais...

Largo da Carioca

O LARGO da Carioca é um dos mais antigos logradouros da cidade. O local era antes um brejal em que viviam jacarés, conhecido pelo nome de Lagoa de Santo Antônio, que se estendia até ao Campo da Ajuda (hoje Praça Floriano, na Cinelândia). “Esta lagoa – informa Alexandre José de Mello Morais – foi aforada...

Mais...

Caminho Aéreo do Pão de Açúcar

A concessão para a construção e exploração de um caminho aéreo entre a antiga Escola Militar, na Praia Vermelha, e o alto do morro da Urca, com ramais para o pico do Pão de Açúcar e a chapada do morro da Babilônia, foi outorgada pelo Decreto Municipal n.º 1.260, de 29 de maio de 1909,...

Mais...

Casa dos Contos e Praça do Comércio

NO LOCAL onde hoje se ergue o edifício do Banco do Brasil, na Rua Primeiro de Março, existiram outrora dois prédios que encerram importantes recordações históricas: a “Casa dos Contos” e a “Praça do Comércio”. O primeiro, situado na esquina da antiga Rua General Câmara (então Rua Velha do Sabão), foi adquirido pela Metrópole, no...

Mais...

Festa da Árvore

A PRIMEIRA Festa da Árvore foi celebrada há pouco mais de meio século, num domingo, dia 12 de setembro de 1904, na Ilha de Paquetá. Nesse dia, desde muito cedo, barcas da Cantareira, embandeiradas, para lá seguiram, de hora em hora, repletas de visitantes, atraídos pelo programa dos festejos. Na nova barca “Visconde de Moraes”...

Mais...

Inauguração do Monumento de Cabral

Amanhecera chuvoso o dia 3 de maio de 1900. Nuvens densas, cor de chumbo, encobrindo o horizonte, não permitiam esperar dia propício para uma solenidade pública. Não obstante, desafiando a chuva, o povo, desde cedo, acorreu à rua para saudar a faustosa data do quarto centenário do descobrimento do Brasil. Do largo do Machado ao...

Mais...

Primeiras Escaladas do Pão de Açúcar

Não há memória de que alguém haja escalado o Pão de Açúcar antes de 1817. Neste ano, porém, consta que lá subiu uma destemida inglesa, cujo nome não se sabe. Conduzindo nas mãos a “Union Jack”, arrojadamente aventurou-se pela rocha ínvia e, depois de horas de esforços inauditos, logrou realizar a temerosa façanha, fincando no cume do morro,...

Mais...

Templo dos Ingleses

No dia 12 de agosto de 1819, comemorando o 57.º aniversário do Príncipe Regente George IV, do Reino Unido da Grã Bretanha, lançaram os ingleses residentes no Rio de Janeiro a pedra fundamental de sua capela, logo na entrada da Rua dos Barbonos (hoje Evaristo da Veiga), no pátio da casa que foi do bispo...

Mais...

Túnel Velho de Copacabana

OBRIGANDO-SE a Companhia Ferro-Carril do Jardim Botânico, em 1890, a construir uma linha de bondes para servir ao bairro de Copacabana, tratou imediatamente de dar começo às obras de perfuração de um túnel, no fim da Rua Real Grandeza. Túnel Velho, aproximadamente 1893/1894, por Juan Gutierrez (1859 - 1897) (Museu Histórico Nacional), via Wikimedia Commons...

Mais...

Serviço de Auto-Ônibus

APESAR de haver o Decreto Municipal n.º 1.093, de 7 de junho de 1906, estabelecido que durante o prazo de vinte anos não seriam lançados outros impostos ou contribuições, além dos já previstos na então lei de orçamento, a todos quantos se propusessem fazer trafegar “ônibus-automóveis” no Distrito Federal, somente em 1908 apareceu aqui a...

Mais...

Pavilhão Mourisco

O ANTIGO Pavilhão Mourisco ficava no fim da Avenida Beira-Mar, na Praia de Botafogo, defronte à Rua Voluntários da Pátria. Projetado pelo arquiteto Burnier, foi construído pela Municipalidade, no governo do Prefeito Francisco Pereira Passos. Destinara-se a “music-hall”, mas jamais passou de simples bar-restaurante, perseguido, como sempre foi, por incrível “caveira de burro”… Adolfo Morales de...

Mais...

Exposição Nacional de 1908 – I

NASCEU de uma feliz inspiração de nossa imprensa a ideia de se promover a Exposição Nacional de 1908, comemorativa do centenário da emancipação comercial e industrial do Brasil. Fora escolhido aquele ano para tal cometimento, porque fazia um século que, não só os nossos portos tinham sido abertos à navegação das nações amigas e aliadas...

Mais...

Exposição Nacional de 1908 – II

REVESTIU-SE da maior solenidade e brilhantismo a cerimônia da inauguração da Exposição Nacional, no dia 11 de agosto de 1908. Desde a véspera, o trabalho no recinto do grande certame era ininterrupto. Ninguém dormira: os operários e empregados trabalharam continuamente; os engenheiros não tiveram um momento de descanso. Anunciado que a partir de 1 hora...

Mais...

Pedra da Moreninha

A PEDRA da Moreninha é um dos atrativos da Ilha de Paquetá. Situada no fim da Praia dos Coqueiros (hoje Praia do Pintor Castagnetto), Joaquim Manuel de Macedo imortalizou-a no seu romance “A Moreninha”, publicado em 1844. Macedo nasceu em Itaboraí, na antiga província do Rio de Janeiro, a 24 de junho de 1820. Diplomou-se...

Mais...

Construção do Teatro Municipal

No ano de 1903 que o Prefeito Dr. Francisco Pereira Passos resolveu dotar a Capital da República de um grande e luxuoso teatro. A princípio, pensou em remodelar o antigo São Pedro d’Alcântara (onde é hoje o João Caetano); mas o Banco do Brasil, proprietário do imóvel, não chegou a acordo possível com a Prefeitura. Ficou, então, resolvida a...

Mais...

Antigos Cais e Largo do Valongo

No dia 23 de julho de 1843, quando os fiéis súditos do Imperador Dom Pedro II se apinhavam no Paço (atual depois edifício do Departamento dos Correios e Telégrafos e atual Paço Imperial, na Praça Quinze de Novembro), “para depositar aos pés do trono as suas leais e fervorosas homenagens pelo solene aniversário da maioridade...

Mais...

Estrada de Ferro do Corcovado

Esta via-férrea parte da rua do Cosme Velho, nas Águas Férreas, sobe pelo lado direito do vale do Silvestre e à esquerda do morro do Inglês, transpõe o mesmo vale sobre um viaduto com três vãos de 25 metros cada um, cruza na cota de 218 metros o caminho da Carioca (Silvestre) e, vencendo por...

Mais...

Prefeito Francisco Pereira Passos

Às 8 HORAS da manhã do dia 15 de novembro de 1906 – véspera da transmissão do Governo Municipal para o novo Prefeito, General Francisco Marcelino de Sousa Aguiar – o Dr. Francisco Pereira Passos teve a satisfação de assistir ao lançamento da pedra fundamental do seu monumento, a ser erigido na Praia de Botafogo....

Mais...

Iluminação a Gás

A PRIMEIRA tentativa do emprego de gás para iluminação, no Brasil, data de 23 de outubro de 1828, quando, por ato do Imperador Dom Pedro I, foi concedida ao cidadão Antônio da Costa a faculdade de organizar uma empresa que realizasse esse serviço no Rio de Janeiro. A cidade deveria ser iluminada com 1.500 lampiões, “acesos...

Mais...

Novo Quartel do Corpo de Bombeiros

RENOVADO, melhorado e ampliado, inaugurou-se no dia 23 de maio de 1908, o quartel central do Corpo de Bombeiros[1], na Praça da República. O vistoso edifício, que custara 1.302 contos, amanheceu todo ornamentado de bandeiras e folhagens. À 1 hora da tarde teve lugar a cerimônia da inauguração, com a presença do Presidente da República,...

Mais...

Antiga Fábrica de Gás

A ANTIGA fábrica de gás foi construída pelo Barão Visconde de Mauá, há um dois séculos atrás. Situada no Caminho do Aterrado (depois Rua Senador Euzébio, hoje Avenida Presidente Vargas n.º 2610), entre as travessas São João e do Porto (atuais ruas Carmo Neto e Comandante Mauriti), ocupava uma área de 22.012 metros quadrados. Antiga Fábrica de Gás na Avenida Presidente...

Mais...

Visita à Fábrica de Gás

13 de setembro de 1886, poucos dias depois do Governo ter contratado com a “Société Anonyme du Gaz” os serviços de iluminação da cidade do Rio de Janeiro, foi a antiga Fábrica do Aterrado, no Mangue, visitada por D. Pedro II. Foi um dia de festa para a empresa, S. M. Imperial ali compareceu às 11...

Mais...

Último bondinho de burros

POR INCRÍVEL que pareça, houve bondes puxados a burros, em plena Capital da República, até o ano de 1928. Pertenciam à extinta “Linha Circular Suburbana de Tramways” e faziam o percurso entre os subúrbios de Madureira e Irajá. A primeira concessão fora outorgada ao engenheiro Manuel Antônio da Silva Reis, ao coronel Júlio Braga e...

Mais...

Primeiro Bonde

É DIFÍCIL precisar a data em que trafegou o primeiro bonde. Consta que foi em 1832, nos Estados Unidos, quando apareceram em Nova York esses veículos de tração animal na linha para o bairro de Harlem. Em 1835, surgiram na cidade de Nova Orleans; em 1853, em Brooklyn; em 1856, em Massachusetts; em 1858, em...

Mais...

Rua da Guarda Velha

ANTIGO caminho, aberto no século da colonização, à margem da Lagoa de Santo Antônio, denominou-se, depois de aterrado esse brejal, Rua Bobadela, em honra do último governador da Capitania do Rio de Janeiro, Gomes Freire de Andrade, Conde de Bobadela (1733-1763). Havia, então, no começo desta rua (no sítio onde esteve até recentemente o Hotel Avenida),...

Mais...

Excursão à Tijuca

No dia 12 de outubro de 1903, o Presidente da República, Dr. Francisco de Paula Rodrigues Alves, a convite do Prefeito do Distrito Federal, Dr. Francisco Pereira Passos, fez uma excursão à Tijuca, onde assistiu à inauguração do jardim no Alto da Boa-Vista (atual Praça Afonso Viseu). Chafariz de Grandjean de Montigny na Praça Afonso Viseu no...

Mais...

Iluminação Elétrica da Rua do Ouvidor

A NOTA predominante na noite de sábado, 18 de fevereiro de 1911, no Rio de Janeiro, foi, sem dúvida alguma, a inauguração da iluminação elétrica na Rua do Ouvidor. Nem se podia compreender que a tradicional artéria, onde o “snobismo” carioca pontificara desde os tempos em que nela morava o ouvidor-mor da Comarca, continuasse sob...

Mais...

Veja também