Templos Históricos do Rio de Janeiro

Templos Históricos do Rio de Janeiro

  • Ferreira, Augusto Maurício de Queiroz. Templos Históricos do Rio de Janeiro. 2ª ed. Rio de Janeiro: Gráfica Laemmert Ltda., 1946. 310 p.

A obra realizada por Augusto Maurício, sobre os Templos Históricos do Rio de Janeiro, constitui uma contribuição de grande valor para enriquecer o nosso conhecimento do patrimônio de arquitetura religiosa desta cidade.

Rodrigo Melo Franco de Andrade

Santa Luzia

No ano de 1592, na Praia da Piaçava (hoje Santa Luzia) – então extensa faixa de areia branca, no sopé do Morro do Castelo, só havia um único edifício, e esse mesmo de aparência pobre e sem maiores atrativos, a não ser o fim piedoso a que se destinava. Era a pequena ermida de Santa...

Mais...

Santo Antônio

No cimo do monte que dá saída para o Largo da Carioca, abrangendo grande extensão de sua fralda de oeste, ergue-se, soberbo na sua tocante modéstia, o Convento de Santo Antônio. Convento de Santo Antônio do Largo da Carioca - P. G. Bertichem - 1856 Na igreja desse refúgio cristão, os brasileiros católicos, que constituem...

Mais...

São Francisco de Paula

Foi em 1754 que o monge beneditino Dom Frei Antônio do Desterro, grande devoto de São Francisco de Paula, instituiu no Rio de Janeiro um culto especial ao santo patriarca, ao qual deu a denominação de Venerável Ordem dos Mínimos. E logo a novel instituição, dado o tradicional espírito religioso dos brasileiros, teve a mais...

Mais...

São Roque

Paquetá, a aprazível e romântica ilha da Baía de Guanabara, cognominada por Dom João VI, de “Ilha dos Amores”, procurada ainda hoje pelos namorados, trovadores e artistas que se extasiam ante a enternecedora poesia que oferece aquele recanto magnífico de praias alvas e altos coqueiros – possui também a sua igreja histórica. Esse templo foi...

Mais...

Nossa Senhora da Glória

Mais uma vez somos gratos ao saudoso Moreira de Azevedo. Em seu precioso livro “O Rio de Janeiro”, encontramos a indicação para poder escrever sobre a Matriz da Glória, pois na referida igreja nada há a respeito de sua própria história. No citado livro de Moreira de Azevedo, diz o seu autor que F. B. Marques...

Mais...

Santo Elesbão e Santa Efigênia

O velho templo que se ergue na Rua da Alfândega, no trecho compreendido entre a Avenida Passos e a Rua Gonçalves Ledo, e que o povo conhece como sendo de Santa Efigênia, tem dois oragos: – Santo Elesbão e Santa Efigênia. Esses santos são de origem africana, pois foram respectivamente imperador da Abissínia e princesa da...

Mais...

Nossa Senhora do Carmo da Lapa

Segundo os apontamentos constantes do arquivo de Frei Alberto Nicholson, Definidor da Província Carmelitana no Rio de Janeiro, e que está escrevendo uma grande obra sobre a Ordem religiosa, a fundação do respectivo Convento data de 1590, isto é, de quando aqui chegaram, vindos de Santos, os primeiros frades. Eram eles chefiados por Frei Pedro...

Mais...

São Bento

Segundo vários escritores portugueses, todos de nomeada e idoneidade comprovada, foi em 1581, que chegaram ao Brasil, procedentes de Portugal, os primeiros monges beneditinos. Aportaram à Bahia, e estabeleceram-se na cidade de Salvador. Entre eles vinha Frei Antônio Ventura que era, por assim dizer, a figura principal do grupo de servos de Deus. Logo que...

Mais...

Catedral do Rio de Janeiro

Igreja dos Jesuítas no Morro do Castelo, via Biblioteca Nacional A Catedral do Rio de Janeiro, data de 21 16 de novembro de 1676, quando, por Bula do Papa Inocêncio XI, foi criado o Bispado desta Capital [1]. Naquela ocasião a Igreja Matriz de São Sebastião, situada no alto do Morro do Castelo, foi elevada...

Mais...

Santa Ana

Nem sempre a igreja que tem a invocação da esposa de São Joaquim e mãe da Virgem Maria, esteve situada na Rua de Santa Ana, onde hoje se encontra. Nesse local ela existe apenas há cerca de 75 anos, isto é, desde 1870, data em que terminou a sua construção, obra que consumiu cerca de...

Mais...

Santa Cruz dos Militares

O templo da Santa Cruz dos Militares, levantado na Rua 1.º de Março, esquina da Rua do Ouvidor, tem a sua história assinalada por fatos curiosos que datam de muitos anos, e que bem revelam o espírito religioso da nossa gente, em todos os tempos, herdado dos descobridores em 1500. E a nacionalidade brasileira assim...

Mais...

São Francisco da Prainha

Logo acima da Rua Eduardo Jansen – uma ladeira calçada de pedra entremeada, a espaços, de degraus, rua essa que tem início na de nome Sacadura Cabral, – há um pequeno largo denominado Adro de São Francisco, e bem no centro dessa praça está situada a Capela de São Francisco da Prainha, pertencente ao patrimônio...

Mais...

Nossa Senhora do Rosário e São Benedito

O culto especial à Senhora do Rosário no Rio de Janeiro data de antes de 1639, porquanto, naquela época, os devotos da santa, que tinham a sua imagem na igreja de São Sebastião (Morro do Castelo) e os devotos de São Benedito, fundiram os seus cultos e fundaram uma confraria sob a denominação de “Nossa...

Mais...

Nossa Senhora da Apresentação

No fim da linha do bonde e do ônibus de Irajá, cerca de vinte minutos de viagem da Estação de Madureira, num sítio denominado Largo Honório Gurgel, encontra-se o templo, todo caiado de branco, sob a invocação de Nossa Senhora da Apresentação, e que serve de Matriz à localidade. É uma igreja velhíssima, pois em...

Mais...

Nossa Senhora do Loreto

No caminho que conduz à igreja de Nossa Senhora da Pena, no lugar denominado Porta D’água, pouco distante do ponto terminal da linha de bondes, ergue-se o templo paroquial, dedicado a Nossa Senhora de Loreto. A freguesia de Jacarepaguá foi criada em 6 de março de 1661, pelo Prelado Dr. Manoel de Souza e Almada,...

Mais...

São Cristóvão

A idade certa da Matriz de São Cristóvão não é possível conhecer-se. Pelos documentos guardados no arquivo da igreja sabe-se que no ano de 1627 já existia esse templo, e era denominado “Igrejinha”, talvez por motivo de suas pequenas dimensões. Era propriedade dos jesuítas e estava situada no terreno pertencente à fazenda da Companhia de...

Mais...

Nossa Senhora do Parto

Quando, antes de 1653, aqui chegou João Fernandes, mulato carpinteiro, natural da ilha da Madeira, trouxe consigo uma imagem de Nossa Senhora do Parto, santa de sua devoção, e colocou-a em um altar da ermida de Nossa Senhora do Ó, então existente onde hoje está a Catedral Metropolitana [1], na mesma ermida em que se...

Mais...

Nossa Senhora Mãe dos Homens

A origem da igreja dedicada a Nossa Senhora Mãe dos Homens, foi um oratório colocado na esquina de uma rua nas cercanias do local onde está hoje levantado o santuário, procurado a todo o momento pelos homens de negócios, situado, como se encontra, num trecho exclusivamente comercial. A data precisa da ereção desse oratório público,...

Mais...

São Francisco da Penitência

O interior de uma arca toda de ouro e pedrarias não seria mais belo, mais rico, nem mais suntuoso do que a Igreja de São Francisco da Penitência. O trabalho de talha que há ali, folheado a ouro, preciosamente executado, é uma riqueza que não tem preço. O desenho do entalhamento revela arte, gosto e...

Mais...

São José

Em 1608, havia no local onde hoje é a Rua da Misericórdia, esquina da Rua São José, uma pequena ermida, construída de pau e barro, de cobertura modesta, onde o povo católico do Rio de Janeiro venerava o Patriarca São José. Contando com inúmeros devotos que não mediam sacrifícios em favor de sua crença, o...

Mais...

Nossa Senhora da Conceição e Boa Morte

Na Rua do Rosário, esquina da Rua Miguel Couto, antiga Ourives, havia, no ano de 1700, uma pequena ermida, que estava compreendida entre os bens patrimoniais da Ordem Terceira de São Francisco da Penitência. Não dispomos de elementos que nos esclareçam sobre a data de sua construção, entretanto, naquela época já existia e era conhecida...

Mais...

São Sebastião

A primeira igreja dedicada a São Sebastião que se construiu no Rio de Janeiro teve duração efêmera, e sua data remonta a 1567. Foi levantada a mandado de Estácio de Sá, lá para as bandas do Pão de Açúcar, na orla marítima que mais tarde teve a denominação de Praia Martim Afonso (atualmente Praia Vermelha),...

Mais...

Santa Rita

Os católicos do Rio de Janeiro devem a ereção da Igreja de Santa Rita, à iniciativa particular de uma família de fidalgos portugueses aqui chegada no princípio do século 18. Antes do ano de 1710 desembarcaram neste porto Manoel Nascentes Pinto, sua esposa Dona Antônia Maria e um filho. Vinha o fidalgo dar cumprimento a...

Mais...

Nossa Senhora da Glória do Outeiro

Há mais de 220 anos já, os navios que entravam na baía de Guanabara, avistavam no cimo de pequena elevação, uma capela muito alva, muito poética, resplandecendo, de tão branca, aos raios do sol carioca. Era ela a primeira demonstração viva de fé religiosa que o Rio de Janeiro oferecia aos seus visitantes. Vista do...

Mais...

São Gonçalo Garcia e São Jorge

Na Rua da Alfândega, esquina da Praça da República, está situada a Igreja de São Gonçalo Garcia e São Jorge. Esse templo foi fundado por Provisão concedida em dezembro de 1758, em terreno doado pelo Cônego Antônio Lopes Xavier, terreno esse que media 5 braças de frente por 18 de fundos, ao qual, em 1759, mais...

Mais...

Nossa Senhora da Lampadosa

Devemos a Noronha Santos, um dos mais profundos conhecedores da história do velho Rio de Janeiro, e a Everardo Backheuzer, não menos dedicado ao estudo das coisas cariocas, e que nos aproximou daquele outro historiador, – a possibilidade de escrever sobre a Igreja da Lampadosa, pois a própria Irmandade pouco possui a respeito de seu...

Mais...

Nossa Senhora do Carmo

A fundação da Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora do Monte do Carmo, no Rio de Janeiro, data de 1648, tendo a ideia de sua ereção partido de um grupo de irmãos daquela Ordem professos em Portugal. Reconhecendo eles a sua utilidade, deliberaram criar aqui um sodalício idêntico. Esse fato ocorreu no dia 19 de...

Mais...

Nossa Senhora da Penna

O templo de Nossa Senhora da Pena, padroeira da Imprensa, das Artes e das Ciências, construído no cimo de pitoresco monte em Jacarepaguá, data de cerca de trezentos anos. De estilo colonial, suas linhas sóbrias e austeras, constituem um atestado do gosto artístico da época. Ao tempo em que se ergueu o santuário no morro,...

Mais...

Nossa Senhora do Bom Sucesso

Quem passa pela Rua da Misericórdia e, displicentemente, dirige a vista para uma igreja situada no fundo do Hospital da Santa Casa, bem no sopé da ladeira – único remanescente do demolido Morro do Castelo, jamais pode supor que além daquelas grossas paredes, sem outro atrativo a não ser o respeito que merecem as obras...

Mais...